segunda-feira, 18 de junho de 2012

Entrevista com Cristiane sobre o ensaio Trash the Dress

Vestidos de noiva sujos e rasgados ou simplesmente um cenário inusitado para fotos do álbum de casamento. Esse é o conceito Trash the Dress,  que significa “jogar o vestido no lixo”. No Brasil, a moda já pegou, mas com adaptações.


Na busca por cenários inusitados, o Studio Rainer Telini criou a proposta Trahs the Dress “Terra, Água e Ar”, com noivos voando de balão,  fazendo rafting e viajando de Maria Fumaça. 

Em alguns momentos, pode dar medo. Mas Cristiane Rodrigues Teixeira e José Luis formam um casal aventureiro, daqueles que curte sentir aquele frio na barriga. Por isso, toparam fazer o ensaio fotográfico Trash the Dress, com os temas: Terra, ar e água.  Afinidade é o que não falta para o casal, que se conheceu em 2011, por intermédio de amigos.  Foi amor à primeira vista, diz a noiva, que está com a data de casamento marcada para o dia 22 de setembro. 

Rolou uma entrevista bem bacana aqui para o blog com a Cristiane, que contou um pouquinho da experiência de como foi ter participado do Trash the Dress, toda a preparação e desenrolar do ensaio fotográfico. Confira! 


Studio Rainer Telini - Como surgiu a ideia de participar do Trash the Dress?
Cristiane - Desde que conhecemos o trabalho, já idealizamos o quanto seria bacana fazê-lo. Registrar momentos em lugares bonitos, livres da pressão, correria e do nervosismo do dia real do casamento. Descobrimos que o Studio Rainer Telini tinha a opção de fazer um Trash the Dress diferenciado, eu diria radical. Aceitamos na hora! 

Studio Rainer Telini - Sentiram algum medo de voar de balão ou fazer o rafting?
Cristiane - Medo nenhum! Na verdade, tem que gostar, se sentir bem e com vontade de fazer o trabalho. Achei que o frio atrapalharia um pouco... Mas, hoje, digo que a ansiedade dá frio e a emoção esquenta!

Studio Rainer Telini - Qual a sensação de participar de todo o ensaio e ver as fotos depois? 
Cristiane - Foi uma experiência única! Maravilhoso! Achei que ficaríamos retraídos diante das câmeras, mas o pessoal é muito profissional e nos deixou à vontade. Adoramos participar. Vale muito o investimento, principalmente para quem não teve ou não terá festa de casamento pois, assim, as recordações podem ficar registradas nas fotografias e filmagens do Trash The Dress.

Studio Rainer Telini - Qual foi o momento mais bacana da sessão fotográfica? 
Cristiane - O momento mais bacana foi quando as pessoas paravam admiradas ao verem noivos circulando pelas ruas com os devidos trajes, tiravam fotografias e nos desejavam felicidades! Isso foi bem legal!!!




No Facebook, você pode ver o álbum completo:  facebook.com/StudioRainerTelini 

3 comentários:

  1. Tinha de ser do meu sangue essa noiva. A nossa turma topa qualquer desafio, sendo do bem.Parabéns ao então, na época noivo, José , por ser parceiro e acompanhar minha querida sobrinha nessa aventura. Amei !Parabéns, também aos idealizadores !.

    ResponderExcluir